top of page

Quais são os 3 níveis de inspeção dos extintores?

Os extintores de incêndio são equipamentos essenciais para a segurança em ambientes comerciais, industriais e residenciais. Eles são projetados para combater incêndios em estágios iniciais e podem ser a diferença entre um pequeno incidente e um grande desastre. Além de sua correta instalação e manutenção, os extintores também requerem inspeções regulares para garantir que estejam em pleno funcionamento quando necessário. Neste post, vamos explorar os três níveis de inspeção dos extintores, que são essenciais para garantir sua eficácia em caso de emergência.




Nível 1 - Inspeção Diária: A primeira inspeção é de responsabilidade do próprio usuário do extintor e é conhecida como inspeção diária. Essa inspeção consiste em verificar visualmente o extintor para garantir que ele esteja acessível, não obstruído, com o lacre intacto, com a carga completa, com a pressão adequada e em condições físicas adequadas. É importante que os usuários de extintores sejam treinados para realizar essa inspeção de forma regular e reportar qualquer problema identificado ao responsável pela manutenção dos extintores.


Nível 2 - Inspeção Mensal: A segunda inspeção é conhecida como inspeção mensal e é realizada por um profissional treinado em combate a incêndios. Nessa inspeção, o técnico verifica detalhadamente as condições físicas do extintor, como sua integridade estrutural, estado do manômetro, válvulas, mangueiras e acessórios. Além disso, o profissional verifica se o extintor está corretamente instalado e identificado, de acordo com as normas de segurança vigentes. Caso algum problema seja identificado, o extintor é reparado ou substituído, e um registro é feito para fins de controle e rastreamento.


Nível 3 - Inspeção Anual: A terceira e mais abrangente inspeção é a inspeção anual, que também é realizada por um profissional treinado. Essa inspeção envolve uma revisão completa do extintor, incluindo a verificação de seu desempenho operacional, sua carga, sua pressão, sua capacidade de supressão de incêndios e sua conformidade com as normas de segurança. Além disso, o técnico também verifica a integridade dos selos, etiquetas e lacres, bem como a validade das recargas, se necessárias. Caso haja algum problema, o extintor é reparado ou substituído, e um registro detalhado é feito para fins de auditoria e conformidade com as regulamentações locais.

Conclusão: A inspeção regular dos extintores é fundamental para garantir que eles estejam operacionais e prontos para uso em caso de incêndio. Os três níveis de inspeção - diária, mensal e anual - garantem uma abordagem completa na verificação das condições físicas, operacionais e de conformidade dos extintores. É importante contar com profissionais treinados

תגובות


bottom of page