Prevenção e combate ao fogo

A prevenção ao fogo é tão importante quanto saber combatê-lo ou mesmo possuir as ações corretas no momento em que elas ocorrem.


Pode-se evitar uma grande tragédia, quando antes mesmo de ocorrer um início de incêndio é identificado e evitado. Somente pessoas treinadas para este fim conseguem possuir esta sensibilidade na identificação e agir com a prevenção. Quando há um sinistro como este, digo, algo muito trágico, na maioria das vezes o desespero dos que tentam salvar-se, infelizmente fazem outras vítimas.



Há um setor com pessoas extremamente capacitadas para a elaboração de um Plano de prevenção e combate a incêndio, no caso uma empresa de serviços de bombeiro civil. A primeira coisa a se fazer é acioná-los, pois os bombeiros tomaram os devidos cuidados para a elaboração do plano, logo todos serão informados sobre as precauções necessárias, como:

  • Os cuidados preventivos;

  • A conscientização sobre o planejamento;

  • Como atuar na hora do abandono do local de trabalho;

  • A indicação de medidas práticas sobre o combate ao fogo e o abandono.

O Corpo de Bombeiros orienta a todas as instituições dizendo que o mais correto é colocar em prática todas as normas estabelecidas em relação aos cuidados de prevenção apontando para o comportamento das pessoas diante dos perigos existentes, sendo assim, a prática de exercícios e simulações promove a educação necessária no caso de uma real ocorrência.


Para a segurança de todos, este tipo de prática contribui na prevenção e na segurança de todos os colaboradores de uma empresa. Alguns fatores indispensáveis nesta operação precisam estar em destaque e nos locais corretos e são eles os equipamentos corretos para combater o fogo, não podemos esquecer que tais ferramentas precisam estar em perfeito estado de uso e conservação.


  • Extintor com água pressurizada: A água age resfriando e abafando e é necessário habilidade para uma aplicação correta. Indicado para incêndios de classe A (madeira, papel, tecido, materiais sólidos em geral).

  • Extintor com gás carbônico: Para incêndios de classe C, veja onde pode ser a aplicação, (equipamento elétrico energizado), pois, não é condutor de eletricidade. Pode ser usado também em incêndios de classes A e B.

  • Extintor com pó químico seco: Age por abafamento e é indicado para incêndio de classe B (líquido inflamáveis). Pode ser usado também em incêndios de classes A e C.

  • Extintor com pó químico especial: Também age por abafamento e é indicado para incêndios de classe D (metais inflamáveis).


Um fator primordial na hora do combate ao fogo, é manter a calma. Conforme as condições exigidas por lei, todos devem saber que qualquer instalação predial precisa seguir algumas obrigatoriedades como: extintores de incêndio, hidrantes, mangueiras, registros, chuveiros automáticos (sprinklers) e escadas com corrimão.


O extintor de incêndio, é o equipamento dentre os citados o mais usado para combater um foco de fogo, por esta razão, se faz necessário manutenção periódica, e um dos serviços do bombeiro civil é fazer a verificação de data de validade e total habilidade para manuseá-lo.


Fique atento as recomendações com o checklist básico

  • Telefone de emergência do Corpo de Bombeiros (193) em destaque;

  • Caixas de incêndios em perfeita condições de uso;

  • Os extintores em locais de fácil acesso, devidamente carregados e devem ser revisados periodicamente, através da utilização do checklist de inspeção mensal realizado pelo Bombeiro Civil;

  • Revisar periodicamente toda a instalação elétrica do prédio;

  • Verificar se há a existência de possíveis vazamentos de gases;

  • Evitar o vazamento de líquidos inflamáveis no local de trabalho;

  • Nunca trabalhe em locais sem ventilação adequada;

  • Não colocar trancas nas portas de halls, elevadores, porta corta-fogo ou outras saídas para áreas livres.

  • Não deixar estopas e flanelas embebidas em óleos ou graxas em locais inadequados;

  • Alertar sobre o ato de fumar em locais proibidos e o cuidado de atirar fósforos e pontas de cigarros acesos em qualquer lugar;

  • A verificação do desligamento de todos os aparelhos elétricos, como estufas, ar condicionado, exaustores, dentre outros;

  • Informar o Corpo de Bombeiros o mais rápido possível em caso de incêndio;

  • Nunca utilizar os elevadores no momento do incêndio;

  • Para não dificultar a ação do socorro e manter a área junto aos hidrantes livre para manobras e estacionamento de viaturas evite o ajuntamento de pessoas.

Lembrando que é essencial para as empresas o serviços do bombeiro civil, para garantir a prevenção e o combate ao fogo, pois estes homens e mulheres são extremamente treinados para atuarem dentro das empresas públicas e privadas. Empresa como a Safety & Work, que atua exclusivamente na capacitação e terceirização de mão-de-obra qualificada de Bombeiro Civil e outras, são as mais indicadas, pois, são empresas exclusivas e com total estrutura de equipamentos e tecnologias que garantem o total funcionamento da prevenção e combate ao fogo.