Intervenção em acidentes elétricos

Temos algumas informações importantes sobre os acidentes elétricos, muitos deles causados por irresponsabilidade e outros por falta de prevenção. Os ambientes são dentro das empresas e residências.


Tanto choques elétricos como incêndios por sobrecarga aumentaram significativamente de 2018 para 2019. Publicado pela Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade



Veja abaixo alguns números:

  • Os acidentes com choques elétricos subiram 12%, passando de 832 para 909 acidentes;

  • As mortes também subiram de 622 para 697;

  • Os incêndios por sobrecarga/curto-circuito subiram de 537 para 656,

  • As mortes subiram de 61 para 74.

Quem são as vítimas

  • Adultos com idade entre 31 e 40 anos foram as principais vítimas (195 pessoas).

  • Mas muitos bebês e crianças também acabaram morrendo diante da descarga elétrica.

  • Ao todo, 42 com idades entre zero e dez anos”.

Veja o que o Comandante do Comando de Engenharia de Prevenção de Incêndio (CEPI) comentou:

“Melhor que resolver um problema, é saber como evitá-lo. Com algumas atitudes bastante simples, você pode tornar a sua residência ou local de trabalho mais seguros”


Veja abaixo algumas sugestões de prevenção:

  1. Verifique as condições das instalações elétricas. Fios descascados (desencapados) são muito perigosos, cuidado!

  2. Fiações antigas precisam ser substituídas. Os fios devem ficar isolados em locais adequados, como canaletas e conduítes (tubos de plástico);

  3. Verifique o estado das tomadas, pois devem estar protegidas com tampas apropriadas (protetores);

  4. Não use “benjamins” ou extensões. Muitos aparelhos ligados na mesma tomada podem ocasionar sobrecarga e curto-circuito na fiação;

  5. Mantenha os fios dos eletrodomésticos no alto, não deixe ventiladores ligados ao alcance de crianças;

  6. Água e eletricidade não combinam, Eletrodomésticos devem ficar longe de líquidos;

  7. Aparelhos pequenos podem ser facilmente esquecidos. Após o uso, desligue-os da tomada, enrole os fios e tire-os do alcance das crianças.

  8. Instale um dispositivo DR, ele evita o curto – circuito e previne os choques elétricos. Para proteção contra sobretensões, instale um Dispositivo de Proteção Contra Surtos – DPS.

Depois das dicas acima, ficou fácil fazer uma análise em seu ambiente de trabalho ou em sua residência, pois os choques elétricos são acidentes que podem ser facilmente evitados e que muitas vezes dependem apenas de medidas simples de segurança, que contribuem para a redução desse risco tanto em nossas casas, como no trabalho e até mesmo na rua.