top of page

Conheça os 5 tipos de mangueira de incêndio e os seus locais de uso

Não podemos negar que incêndios acontecem em diferêntes ambientes e por inúmeros motivos, e infelizmente os prejuizos muitas das vezes são assustadores. A boa notícia é que já podemos trabalhar em cima de projetos de prevenção para combater os incêndios evitando assim possíveis danos a patrimonios e perdas de vidas.


É imprecindível o uso de extintores de incêndio ou hidrantres em determinados locais como condomínios residenciais, pequenas e grandes empresas, clubes, templos religiosos e outros.



Além do uso de extintores, é fundamentental o uso de mangueiras de incêndio nos locais citados, pois elas possuem uma função muito eficaz para combater o fogo. Para cada situação e ambiente, há um tipo específico de mangueira.


Não basta instalar a mangueira de incêndio, e deixa-la esquecida por mêses ou até mesmo anos. Não é porque uma mangueira nunca foi usada em determinado período que ela sempre estará apta para uso. A realidade é que as mangueiras de incêndio precisam de manutenção. Veja o que diz a norma ABNT NBR 12779.


"Toda mangueira de incêndio deve ser inspecionada a cada 6 meses e ser submetida a ensaio hidrostático/manutenção a cada 12 meses…”


O proprietário ou responsável pelo local em que a mangeira está instalada, deverá possuir em seu poder o certificado válido de inspeção e manutenção de todas as mangueiras de incêndios. Quem fornece o certificado é uma empresa capacitada para este fim. Esse documento em algum momento ou situação poderá ser exigido pelo corpo de bombeiros, Prefeitura, empresa de seguro entre outras autoridades.


Veja abaixo os 5 tipos de mangueiras de incêndio:


TIPO 02

  • Local de uso: Edifícios de oculpação Residencial;

  • Pressão de Trabalho máxima kPa (kgf/cm²): 980 (10).


TIPO 02

  • Local de uso: Edifícios comerciais e industriais ou Corpo de Bombeiro;

  • Pressão de Trabalho máxima kPa (kgf/cm²): 1370 (14).


TIPO 03

  • Local de uso: Área naval e industrial ou Corpo de Bombeiros, onde é desejável uma maior resistência à abrasão;

  • Pressão de Trabalho máxima kPa (kgf/cm²): 1470 (15).


TIPO 04

  • Local de uso: Área Industrial, onde é dejejavel uma maior resistência a abasão;

  • Pressão de Trabalho máxima kPa (kgf/cm²): 1370 (14).


TIPO 05

  • Local de uso: Área Industrial, onde é desej'vel uma alta resistência a abrasão e a superficie quente;

  • Pressão de Trabalho máxima kPa (kgf/cm²): 1370 (14).


É importante você saber quanto a aplicação correta das mangueiras tipos 1 e 2.

Lembrando que a mangeuira de incêndio tipo 1 para o uso exclusivo em edifícios residenciais, veja o que a norma diz:


"A mangueira tipo 1, não pode ser instalada emedifícios industriais, comerciais, prédios de escritórios, shopping centers, lojas, hospitais, cinemas, hoteis ou aeroportos”


Logo, para os locais citados acima a norma estabelece no mínimo a mangueira tipo 2. Em caso de alguma ocorrência e a mangueira usada for a tipo 1, a companhia de seguros não cobrirá os danos, além disso o Engenheiro, o Técnico em Segurança ou o Síndico responderão por eventuais ações judiciais.


Você conheceu os 5 tipos de mangueiras de Incêndio e os locais corretos para uso. Vimos também que todas as mangueiras devem passar por inspeção a cada 6 meses e ensaio hidrostático/manutenção a cada 12 meses.

Comments


bottom of page