top of page

Conheça as classes de incêndios

Sabemos ser fundamental a Segurança Contra Incêndio em qualquer ambiente, e quando eu falo de segurança é claro que já quero expor os perigos que existem em qualquer categoria de material inflamável, pois, a madeira, o papel, equipamentos elétricos, óleos e líquidos inflamáveis são tipos de materiais e objetos que, se não forem manipulados e tratados de forma correta, causam grandes riscos para todos que estiverem por perto.


Os incêndios são classificados em classes conforme o tipo de material combustível. As características de combustão de cada material requerem diferentes tipos de agentes extintores, por isso é muito importante saber identificar o material em combustão.

Conheça agora as classes de incêndio dos extintores


Classe A - Aparas de papel e madeira.

A indicação é feita por um triângulo verde. Incêndios em sólidos, como madeira, papel, borracha e plástico.


Incêndios de classe A devem ser combatidos com extintores à base de água, comcapacidade de resfriar o ambiente. É indicado para incêndios de classe A. Seu princípio de extinção é por resfriamento e atua sobre materiais como madeira, tecidos, papéis, borrachas, plásticos e fibras orgânicas. É proibido utilizá-lo para incêndios das classes B e C.

Esse tipo de incêndio tem como característica deixar resíduos como carvão e cinza.


Classe B - Líquidos inflamáveis.

A indicação é feita por um quadrado vermelho. Incêndios em líquidos inflamáveis.


Essa categoria de incêndio é extinta pelo método de abafamento, ocorre quando a queima acontece em líquidos inflamáveis.

Os incêndios de classe B são classificados em líquidos, gases inflamáveis e sólidos que se fundem. Alguns exemplos de materiais como: gasolina, óleo, querosene, parafina, tintas, graxas e GLP (gás liquefeito de petróleo). Os incêndios causados por esses tipos de produtos não podem utilizar os

extintores à base de água.


O recomendado é aplicar os extintores de pó químico. No caso se o incêndio não for tridimensional, ou seja, líquido sob pressão, gás ou derramamento em gravidade, pode-se utilizar espuma mecânica, e o uso de gás carbônico deve ser evitado em ambientes pequenos, pois podem ser asfixiantes.


Classe C - Equipamentos elétricos.

A indicação é feita por um círculo azul. Incêndios em equipamentos elétricos.


Os extintores de dióxido de carbono são indicados para incêndios de classe C, pois não conduz eletricidade. Ele age por abafamento e por resfriamento em ação secundária. É asfixiante, portanto, deve-se evitar o seu uso em ambientes pequenos.

É gerado pela queima de equipamentos e instalações elétricas energizadas, tais como: máquinas, quadros de força, transformadores, geradores, computadores e qualquer outro equipamento em aplicações de energia elétrica;


Classe D - Metais combustíveis.

A indicação é feita por uma estrela amarela. Incêndios em metais pirofóricos. Pó de zinco, sódio, magnésio, alumínio, antimônio, etc.

A Classe D de incêndios foi criada para classificar fogo em metais combustíveis e pirofóricos. Um incêndio que envolve a mistura desses dois materiais é muito perigoso, pois quando alguns metais entram em contato com hidrogênio, água e umidade presente no ar, podem entrar em ignição instantaneamente, provocando um fogo incontrolável. São metais que podem ter reações químicas violentas e até causar explosões.


O controle feito pelo extintor, para combater a combustão dos metais pirofóricos, é realizado graças a um pó químico especial que pode ser utilizado de três formas diferentes para evitar que o fogo se alastre:

  • Abafamento: retira todo o oxigênio presente no combustível e impede a combustão;

  • Inibição: é feita a partir da quebra da reação química em cadeia, que acontece por meio da neutralização das moléculas geradas a partir da queima do combustível;

  • Isolamento: interrupção, diminuição ou retirada dos materiais não afetados pelo fogo para fora da área de propagação.

Classe K - Óleos e gorduras.

A indicação é feita por um quadrado preto. Incêndios em óleos e gorduras. Utilizado em cozinhas industriais.


Os extintores de agente úmido classe K contém uma solução especial de acetato de potássio diluído em água que quando ativado é liberado por uma névoa (spray) como em um sistema estacionário


Quando se trata de eficiência contra incêndios e segurança humana este é o melhor extintor portátil para cozinhas comerciais e industriais.


Projetado para resistir aos incêndios mais severos (CLASSE K) como: queima de gordura quente, queima de gordura em cozinhas e áreas de preparação de alimentos em restaurantes, lojas de conveniência, praças de alimentação, refeitórios escolares e hospitais entre outros locais.


É importante conhecer as classes de incêndio, pois elas são decisivas para garantir a segurança dos mais diversos ambientes. Sabemos ser preciso observar os equipamentos necessários para combater qualquer tipo de sinistro e, além dessa verificação, as empresas em geral, sejam comerciais ou residenciais devem atentar para às regras e regulamentos garantindo eficácia na prevenção e no combate a incêndio.


Comments


bottom of page